Investimentos e Mercado de Ações

Confira 5 técnicas de análise de investimento para melhorar o seu negócio

Por Rodrigo Santos

20 dezembro 2022 - 09:00 | Atualizado em 02 fevereiro 2023 - 10:49


tecnicas-de-analise-de-investimento

As ferramentas e plataformas voltadas para o mercado financeiro surgiram como uma forma de facilitar a análise de investimento. Hoje em dia existem várias opções que podem ser encontradas, cada uma com a sua característica e requisitos próprios para determinado tipo de negócio e de objetivo da empresa ou do investidor.

Algumas das principais técnicas de análise de investimento são: payback, taxa interna de retorno (TIR), índice de lucratividade e valor presente líquido (VPL). Confira abaixo um conteúdo especial do Cedro Technologies que explica mais detalhes sobre essas técnicas tão importantes para o investidor.

1. Payback

A técnica de análise de investimento Payback é a mais frequente e a mais simples de colocar em prática, por isso também é a mais popular. Para realizar esse método basta somar os valores ganhos e verificar se é o mesmo que foi investido inicialmente.

Por exemplo, se o investimento é feito em equipamentos e funcionários, a empresa ou investidor verifica se o valor gasto nessa nova estrutura retornou por meio de aumento de serviços prestados e, consequentemente, de capital.

2. Índice de lucratividade

Como o próprio nome já se refere, o índice de lucratividade ou IL, é um método que verifica se as decisões da empresa ou do investidor estão surtindo efeito e gerando lucro. Os cálculos são baseados no fluxo de entrada e saída.

Em resumo, o índice de lucratividade é utilizado para descobrir o quanto de lucro a empresa ou investidor possui após todos os custos fixos serem quitados. Este tipo de técnica é muito usada por se tratar de uma forma mais simples de realizar os cálculos.

>> Confira: O uso da tecnologia a favor do crescimento das empresas.

3. Valor presente líquido ou VPL

No método de valor presente líquido ou também conhecido como VPL, os cálculos são baseados no tempo e no custo que a empresa ou o investidor teve. No valor presente líquido, o capital de entrada e de saída são calculados em um prazo estipulado.

Por exemplo, quando é realizado um investimento em um curso para a equipe de trabalho, será preciso fazer um cálculo baseado no tempo do curso e no gasto realizado nesse período. Depois disso, a empresa ou investidor verifica se o capital retornou por meio de serviços. 

4. Taxa interna de retorno ou TIR

A taxa interna de retorno, também conhecida como TIR, é uma das opções de análise de investimentos utilizada por empresas ou investidores. É através desse método que se entende se vai ter retorno do investimento realizado e se vale a pena ou não fazer determinado tipo de aplicação. 

O TIR é feito por meio de um cálculo hipotético entre fluxo de caixa e o valor presente líquido (o VPL). Para conseguir realizar esse tipo de cálculo, é preciso softwares ou planilhas do excel.

>> Saiba mais: Investir na Bolsa: veja como otimizar o processo de investimento.

5. Softwares e ferramentas

A quinta e última técnicas de análise de investimento são os softwares e ferramentas voltados para o mercado financeiro. Graças à tecnologia, muitos cálculos e análises de cenários podem ser feitos a um clique e rapidamente.

Os softwares também são uma ótima opção para evitar que erros nos cálculos aconteçam, afinal, falha humana é algo muito comum de ocorrer. Por isso, para ter garantia de um trabalho seguro e dinâmico para o seu negócio conheça as soluções da Cedro Technologies.

Acesse o blog da Cedro para saber mais sobre o mercado financeiro! Você também pode entrar em contato com os nossos especialistas para conhecer mais sobre nossos softwares e tecnologias que auxiliam no crescimento do seu negócio.

Comentários: